sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Quarta: A "verdadeira" Igreja de Cristo

Ontem, quarta-feira, 16/01/13, tivemos a honra de ouvir o Ev. Bruno Aquino trazer um sermão maravilhoso para a Igreja.

Depois de longos três anos de espera, conseguimos receber o Evangelista, para um culto realmente muito especial.

O Ev. Bruno realizou uma explanação em Cânticos dos Cânticos, fazendo uma análise muito espiritual, contextualizando o texto entre o Antigo Testamento e o Novo Testamento.

A bem da verdade, o Ev. Bruno realizou uma releitura bíblica na perícope de Cantares, na qual aprofundou espiritualmente a visão entre a VERDADEIRA IGREJA DE CRISTO!

Sendo assim, o estudo abaixo, não tem uma relação exegética, visto que a análise é espiritual e contextualizada para nós, nos dias de hoje, mas ainda sim, uma pérola de esboço para edificação espiritual.

Liturgia:
Cantares 6:6-10 NTLH
(8) Pode haver sessenta rainhas, oitenta concubinas e muitas moças;
(9) mas eu amo somente uma, aquela que é perfeita como uma pomba. Ela é filha única e a querida da sua mãe. Todas as mulheres olham para a minha amada e dizem que ela é feliz; rainhas e concubinas a elogiam e dizem:
 

(10) “Quem é esta que parece o nascer do dia, que é bela como a lua, brilhante como o sol, impressionante como esses dois astros e luminosa como o céu cheio de estrelas?

Cantares 6:8-10 ARA
(8) Sessenta são as rainhas, oitenta, as concubinas, e as virgens, sem número.
(9) Mas uma só é a minha pomba, a minha imaculada, de sua mãe, a única, a predileta daquela que a deu à luz; viram-na as donzelas e lhe chamaram ditosa; viram-na as rainhas e as concubinas e a louvaram.
(10) Quem é esta que aparece como a alva do dia, formosa como a lua, pura como o sol, formidável como um exército com bandeiras?


HÁ QUATRO TIPOS DE IGREJAS:
1) Igrejas "rainhas"
2) Igrejas "concubinas"
3) Igrejas "virgens"
4) Igrejas "pombas"

O quadro enigmático utilizado é muito sintético, porém de uma profundidade imensa, em outras palavras, embora haja apenas quatro "formas" de Igreja, são quatro elementos muito fortes na atualidade, vejamos:

1) IGREJAS do tipo "RAINHA"
São muitas! Estão espalhadas em todos lugares!
Rainha, porque ela tem grandiosidade.
Rainha, porque ela tem poder, fama e dinheiro!
Rainha, porque ela está toda adornada, toda enfeitada!

Porém, a Igreja "rainha" pode e será substituída a qualquer tempo. Basta ficar "velha" para que o "Rei" (Jesus) possa trocá-la por outra.

A "Rainha" até tem seu  papel, mas conforme o texto em Cantares, a que o "Rei" ama de verdade é a IGREJA tipo "pomba".

2) IGREJAS do tipo "CONCUBINAS" 
A "concubina" tem seu número ainda maior!
Concubina, porque ela até tenta se parecer com a "rainha", mas não tem linhagem real.
Concubina, porque ela até busca ficar igual a uma "rainha", porém não passa de "concubina".
Concubina, porque ela não gera filhos!
Concubina, porque seu papel é momentâneo, apenas para suprir uma noite com o "Rei".

A "Concubina" pode até ter seu papel importante na cristandade, porém, ela nunca será "Rainha" e muito menos a "pomba". A concubina tem um papel específico para uma determinada tarefa e nada mais.

3) IGREJAS do tipo "VIRGENS"
A "virgem" está em um número ainda maior!
Virgem, porque ela dura apenas uma única noite!
Ela deixa de ser virgem, após ser "desposada", perdendo seu valor!
A Igreja tipo "virgem" tem dois destinos: ou vira "Rainha" ou vira "Concubina". O "Rei" que determina.
A "virgem" é inexperiente.
A "virgem" é totalmente retraída, não fala com estranhos, não compartilha com estrangeiros.

A "Virgem" tem uma função importante, alegrar o coração do "Rei", porém depois da primeira noite ela deixa de ser "virgem", ainda sim, o "Rei" na verdade ama é a Sunamita (a 'pomba').

4) IGREJA do tipo "POMBA"
Essa é única. Existe apenas uma!
A VERDADEIRA IGREJA DE CRISTO!
Ela é exclusiva e mora no centro do coração do "Rei".
Ela tem exclusividade em tudo.
A Igreja tipo "pomba" tem a preferência do "Rei".

Por que a Igreja deve ser "tipo pomba"?
a) pois a "pomba" sempre volta ao mesmo lugar. Onde você nasceu na fé. Ali é seu lugar! Onde você foi chamado inicialmente!
b) a "pomba" se alimenta daquilo que seu "tratador" lhe dá. Não importa o que seja. Igreja "pomba" não reclama, Deus mandou a Igreja aceita e dá "glória Deus".
c) a "pomba" chega até a voar alto, porém quando vai comer a "pomba" desce, se rebaixa para pegar o alimento. Assim é a vida do cristão - humildade. Para receber as bênçãos de Deus é preciso ser humilde, se ajoelhar e reconhecer que sem Deus nada somos!
d) a "pomba" tem fidelidade. A maioria dos pássaros quando são domesticados precisam ter suas asas cortadas. A "pomba" não! O cristão deve ser fiel à sua Igreja, ao seu Pastor, ao seu rebanho.

Por que não ser Igreja tipo "Rainha, Concubina ou Virgem"?
a) a Igreja "Rainha" enquanto está no Poder acha que "pode tudo", mas basta o "Rei" mandar e ela é substituída!
b) a Igreja "Concubina" até tenta se parecer com a Igreja "Rainha", se mascarando, se produzindo, se adornando, mas nunca deixará de ser concubina.
c) a Igreja "Virgem" é totalmente recatada, não fala com ninguém, não evangeliza, não busca novos convertidos, não se importa com o próximo!


REFLEXÃO:
E a sua vida, como anda? Você tem sido a "Igreja verdadeira"?

Você tem sido como a "pomba" em Cantares de Salomão?

Ou será que você tem sido como as demais Igrejas? 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...